Produtos reutilizáveis naturais e biológicos para bebés e mamãs ecológicos.

Fraldas de pano - Tipos de fraldas de pano reutilizáveis

Ás vezes, uma imagem vale mais que mil palavras. encontrámos esta, e talvez vocês também, nas inúmeras pesquisas pela internet. Achámos muito simples, está em inglês, mas encontrámos também um artigo, recente, da Linda Barreiro para o Blog "Eu mãe" onde ela fala sobre os vários tipos de fraldas reutilizáveis - 

Indicamos ainda um link de um video do yoube da ClothDiapersPortugal: 

https://www.youtube.com/watch?v=as3OkajDI0Q 

http://www.eumae.pt/pt/post/filhos/220018.mae.bio.logica.tipo.fraldas.reutilizaveis 

MÃE BIO-LÓGICA | TIPOS DE FRALDAS REUTILIZÁVEIS
Por Linda Barreiro

A semana passada tentei colocar-vos a par de todas as evoluções no admirável mundo novo das fraldas reutilizáveis face há 35 anos, esta semana é a altura de falar de tamanhos e tipos de fraldas e para a semana focarei então os nossos sistemas e marcas favoritas, assim como onde poderão adquirir tudo quanto diz respeito a fraldas e acessórios. Como já puderam perceber, este tema “dá pano para fraldas” e como quero que entrem com o pé direito nesta odisseia, estou a tentar sistematizar toda a informação da forma que me parece mais conveniente e organizada para principiantes.

As fraldas de pano podem ser classificadas quanto ao tamanho ou quanto ao tipo/sistema. Abaixo deixo-vos alguma informação assim como algumas considerações minhas acerca das vantagens e desvantagens (a meu ver, reforço). Achei por bem incluir também a terminologia inglesa pois existem muitos sites estrangeiros de vendas de fraldas reutilizáveis.

 

1. Classificação de fraldas quanto ao tamanho:

 

Fraldas de tamanho único

São fraldas que servem mais ao menos a partir dos 3,5kgs (variam consoante a marca) até à idade do desfralde. Estas fraldas são ajustáveis em altura (normalmente através de molas, mas podem ter outro sistema como fitas por exemplo) permitindo reduzir e aumentar a fralda à medida que o bebé cresce e também na zona da cintura (por meio de velcro ou de molas), permitindo apertar a fralda de forma perfeita na cintura do bebé que vai aumentando de tamanho.

Vantagens e desvantagens:

As fraldas de tamanho único são ideiais para rentabilizar o investimento pois compensam bastante em termos económicos. Normalmente são um pouco mais caras que as de tamanho variável, precisamente por este motivo, mas como verão existem fraldas para todas as carteiras. As fraldas de tamanho único são mais difíceis de começar a usar logo desde recém-nascido, a menos que o bebé seja grandinho e gordinho (os tais 3,5kg que mencionei acima), por isso quem pretender usar desde o nascimento deverá optar por fraldas de tamanho variável (para recém-nascido). Existem sistemas bem económicos como os que mencionarei abaixo.

Outra desvantagem destas fraldas, a meu ver, pode ser o facto de não assentarem logo de forma perfeita no bebé, mesmo tendo o bebé mais do que os 3,5kg, podendo originar fugas e fazerem um pouco de volume, pois quando os bebés são mais pequenos sobra sempre mais pano de fralda. No entanto uma vez mais vai depender de cada marca. Há marcas em que esta característica do volume é muito menos visível do que em outras.

 

Fraldas de tamanho variável 

Ou fraldas de tamanho perfeito, são fraldas que servem por um determinado intervalo de tempo (de acordo com o peso, fisionomia ou idade do bebé) que vai desde o nascimento até à idade do desfralde.

As fraldas de recém-nascido possuem uma particulairidade que consiste numa dobra para o coto do cordão umbilical. Parecem fraldas de bonecas, são lindas de morrer e quase cabem na palma da nossa mão! No entanto são fraldas que servem apenas para um curto período de tempo pelo que, muitas vezes, não compensa o investimento em modelos que custam quase tanto quanto uma fralda de tamanho único. Os sistemas que recomendo para recém-nascido são os de fralda + capa. As fraldas podem ser musselinas ou pré-dobradas (tamanho recém-nascido). 24 musselinas ou pré-dobradas custam quase tanto como 2 fraldas tudo em 1. Ambos os sistemas são muito económicos requerendo apenas um investimento (menor) em capas para recém-nascido, essas sim obrigatórias para quem pretende usar desde o nascimento. Também elas com a doBra para o coto do cordão. Deve-se adquirir em média uma capa para cada 4 fraldas mais ou menos.

Para além das fraldas de recém-nascido, as fraldas de tamanho variável diferem de marca para marca mas classificam-se por 3 ou 4 tamanhos, variando entre designações de letras (XS, S, M e L) ou de números (0, 1, 2, 3). Por regra estas fraldas assentam muito bem em quase todos os bebés pois são praticamente feitas à medida.

Vantagens e desvantagens:

Pouco volume e ajuste perfeito, menor probabilidade de ocorrem fugas principalmente quando os bebés ainda são muito pequeninos ou quando têm a perna bem magrinha.

A desvantagem principal pode mesmo ser a de ter de ir adquirindo mais fraldas à medida que o bebé for crescendo. Porém esta pode ser minimizada a partir do momento que se podem vender as fraldas que deixaram de servir para re-investir no tamanho seguinte.

 

2. Classificação de fraldas quanto ao sistema:

 

Musselina – A original fralda de pano

Começamos pela raínha das fraldas: a musselina, a fralda do tempo das nossas mães e das nossas avós, isto é, um quadrado ou retângulo de algodão plano que pode ser dobrado de inúmeras formas. A dobra mais antiga e tradicional é a chamada dobra origami mas aqui podem ver a quantidade de dobras que existem.

As musselinas são super versáteis e possuem inúmeras vantagens entre elas estão: a economia, a rapidez de secagem, a facilidade de ajuste das diferentes dobras de acordo com a idade do bebé, o facto de permitirem que se coloque um absorvente extra ao centro, o facto de permitirem ser usadas como aborvente (dobradas em 8 dentro de capas impremeáveis) e o facto de poderem ser usadas como reforço de fraldas, por exemplo para a noite. Uma musselina dobrada em forma de absorvente, forma ela própria um mega absorvente, composto por muitas camadas de absorção. As musselinas podem ter tamanhos diferentes de acordo com as diferentes marcas, há quem use mais pequenas para recém-nascido e as maiores para os tamanhos seguites.

 

Fralda pré-dobrada – Também designada de Prefold

É mais um tipo de fralda plana, à semelhança da musselina e até se diz que é uma evolução da mesma. Normalmente de formato quadrado ou retangular, a pré-dobrada possui uma zona de absorção reforçada ao centro cozida na própria fralda (formando um absorvente central). Este sistema requer uso de capas também e possui uma forma de colocação tradicional (presa com snappies ou boingos) ou como absorvente, dobrada em 3, por baixo de qualquer capa. As fraldas pré-dobradas existem também em diferentes tamanhos desde o nascimento ao desfralde.

 

Fralda tudo em 1 - Também designada de AIO (All-in-One)

É uma fralda que inclui um revestimento interno absorvente e uma camada externa impermeável. Tal como o nome indica não necessita de nada mais do que a fralda. É o sistema mais parecido com a fralda descartável atual: coloca-se e retira-se enquanto o diabo esfrega um olho.  É um dos sistemas mais práticos, a meu ver, para saídas.

 

Fralda híbrida – Também designada de Hybrid ou AI2 (All-in-Two)

Trata-se de uma fralda mista que combina uma capa com um absorvente. A capa forma o revestimento impermeável enquanto a parte interior trata da absorção. As capas são reaproveitadas por algumas mudas, apenas sendo necessário trocar o absorvente, normalmente acoplado com sistema de molas. Estas fraldas também costumam admitir a possibilidade de colocação de um absorvente descartável para as saídas. As capas das fraldas híbridas também podem ser usadas com musselinas ou pré-dobradas colocadas de forma tradicional ou sob o formato de absorvente como expliquei acima. Sabiam que fralda híbrida foi inspirada nas primeiras fraldas descartáveis?

 

Fralda ajustada -  Também designada de Fitted diaper 

É uma fralda que, tal como o nome indica, se ajusta ao corpo do bebé. É um sistema bastante absorvente mas requer o uso de capa impermeável. As fraldas fitted podem ser presas por velcros, molas ou fitas.

 

Fralda de contorno -  Também designada de Contour diaper 

É em tudo semelhante à fralda fitted, possui um ajuste perfeito que se adapta bem ao tamanho do bebé e pode ser presa com snappy ou boingos. A fralda de contormo também requer o uso de capa.

 

Fralda de bolso - Também designada de Pocket diaper 

É uma fralda constituída por uma camada impermeável exterior e uma absorvente interior e que possui um bolso onde é inserido um ou mais absorventes.

 

Capa – Também designada de diaper cover

São capas utilizadas para cobrir fraldas que não incluam parte externa impermeável. Os materiais mais comuns são TPU ou PUL mas também podem ser de algodão orgânico. Os sistemas que requerem capa são as ajustadas, as de contorno, as musselinas e as pré-dobradas.

Capa de lã – Também designada de wool cover

São capas tricotadas em lã que podem ser impermeabilizadas (com um banho de lanolina) e funcionam como capa de fralda. Podem ser em formato de cueca, calção (shorties) ou calça (longuies). A lã é térmica e pode ser usada tanto de verão como de inverno. As principais características das capas de lã são: a não retenção de cheiros (basta colocar a arejar depois de cada utilização mais longa, como por exemplo uma noite, e voltar a usar) e o facto de não marcarem a pele do bebé.

 

Cueca de treino - Também designada de training diaper ou training pants

São cuecas compostas por uma parte exterior impermeável e uma parte interior, ao centro, absorvente para facilitar na transição para o desfralde.

×